Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

E a terra tremeu

 

 

 

 

Já tinha adormecido, talvez não profundamente.

Acordei, pareceu-me, com um barulho que não identifiquei ao mesmo tempo que sentia a cama tremer. A casa tremia.

Apercebi-me de que era um sismo. Sentei-me na cama assustada. Vi luz em casa acesa. Saltei da cama e chamei pelos meus filhos e logo um me respondeu ao mesmo tempo que vinha ao meu encontro – é um tremor de terra sim, mãe.

Ficámos expectantes, em silêncio, a respiração quase suspensa sentindo o chão que debaixo dos nossos pés abanava.

Uma velinha, possivelmente mal segura caiu, o candeeiro da sala balançou.

Por fim, tudo se aquietou.

Consultámos a net que já noticiava um sismo, na escala de seis, com epicentro no Oceano Atlântico a cerca de 100 Km do Cabo de S. Vicente e de 260 Km de Lisboa.

Tinha sido bem grandinho e dado para assustar de verdade.

Quando cá em casa conseguimos sossegar, a mim custou-me a adormecer.

Pensei em todas as regras de segurança que nunca lembramos. Ter sempre uma lanterna á cabeceira, calçado para usar e algo para vestir rapidamente bem à beira da cama.

Lembrei-me como perante estas forças da natureza, nós que julgamos controlar tudo, somos tão pequeninos e tão completamente impotentes.

Como tantas vezes nos preocupamos em acumular bens materiais desnecessários, em vez de viver em pleno, cada momento, em vez de deixar para viver amanhã seja o que for, pois quem sabe se o amanhã existe.

Nestas alturas, creio que todos nós pensamos o mesmo, mas o ser humano tem memória curta e desperdiça em demasia um bem precioso – TEMPO.

 

“É irrecuperável o único capital que todos nós esbanjamos; O Tempo!”

António Vieira

 

Mafalda, 17 de Dezembro de 2009

 

(foto minha)

 

 


publicado por mafalda-momentos às 11:31
link do post | favorito
Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 24 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A minha despedida

. Cansativo

. Desfolhando o malmequer.

. A praia é só deles.

. Ó noite de Santo António

. A pena do gabbiano deslis...

. O BEIJO

. Primavera

. Casa Arrumada... Desarrum...

. CASA ARRUMADA

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.O meu "Segundo" Selo


Obrigada Fátima

.El Puente - Serpai - 27/08/2010

Además del sello te regalo mi flor favorita... Gracias Sergio... un abrazo

.Obrigada luadoceu - 21/10/2010

.subscrever feeds