Terça-feira, 9 de Agosto de 2011

Por quem os sinos dobram

Postagem colectiva em homenagem a ROLANDO PALMA, à qual me junto de alma e coração, iniciativa do Varal de ideias, um dos criadores da Tertúlia Virtual, um espaço onde, com dedicação e sensibilidade, Rolando prestava a sua colaboração.

 

 

"Há tanta suavidade em nada dizer e tudo entender..."

Fernando Pessoa

 

 

No Outono da vida, iluminou-te o encanto da Primavera numa brisa suave e calma. 

No coração, o calor do sol de verão entrou, quente, ardente e nele se aquietou. 

No teu olhar, morava agora um brilho mais melodioso. 

No teu sorriso, poisou o sabor da felicidade.  

 

E nos teus dias, a esperança se encheu de coragem e voou, levada nas asas de um único desejo – ser feliz!  

 

 

 

Num mundo louco, bastou apenas um momento, um breve instante e tudo se perdeu rumo à eternidade. 

Viverás sempre na memória de todos quantos te amam. 

Fica em paz.

 


publicado por mafalda-momentos às 08:34
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De libel a 9 de Agosto de 2011 às 09:50
Mafalda amiga, nunca gostei de ouvir os sinos tocar, até no simples bater das horas. Mas nessa hora em que eles se dobram, como tu falas, eu fico em silêncio, apenas ouvindo  suas batidas como se de uma melodia se tratasse, fico imaginando notas soltas, refrões de alfazema, e um chilrear leve a compor uma letra de encantar.
Tal e qual nosso amigo fazia connosco. nos encantava.    

Junto-me a ti nessa linda homenagem e digo contigo: "Amigo, viverás sempre na memória e no coração de todos quantos te amam. "

Um abraço apertado.


De mafalda-momentos a 9 de Agosto de 2011 às 10:51
Libel
Eu sou ao contrário de ti amiguinha. O som de um sino transmite-me uma imensa paz e uma sensação de liberdade, talvez porque me habituei a ouvi-los numa aldeia onde tudo era tranquilidade e natural, o ar puro e limpo transportava o seu som, através do silêncio.

(Tudo isto nada tem a ver com o seu toque electrónico de hoje em dia que nada me diz.)

É tudo o que para ele desejo - Uma Paz Absoluta.

Um abraço apertado cheio de cumplicidade por este momento a que nos entregámos


De Eduardo a 9 de Agosto de 2011 às 13:52
Mafalda,

linda e delicada homenagem. Muito obrigado por participar!


De mafalda-momentos a 10 de Agosto de 2011 às 00:16

Não precisa agradecer Eduardo, correspondi apenas a um apelo bonito com o meu sentimento e de coração aberto.


De lis a 9 de Agosto de 2011 às 20:54
Oi Mafalda
Um dia de homenagens tocantes  e emotivas  de  um amigo virtual ou nao que deixou marcas no coração de quem com ele partilhou entre-mares , entre- fotos , entre-músicas , ele gostava de se expressar sempre elegante e bonito.
Era um gentleman.
Certa vez me mandou um email com vários uns  20  "Perdoe-me" só por ter esquecido de responder um comentário meu onde pedia consentimento rpa usar o banner que havia feito pra mim.Era assim o Rolando, humilde , simples, um companheiro poeta.
E tudo se acabou logo aqui na minha terra, onde veio buscar o calor da mulher que lhe despertou a paixão, e quem somos nós pra querer entender ou explicar!?
ousou amar como disse uma amiga blogueira, ele ousou ser feliz ! e foi o bastante até que foi chamado poris aqui tinha terminado sua missão.
Ou nao, nao sei , se nao o ceifaram antes do tempo!
Mafalda desculpe escrever muito.
Hoje o dia é de paz, de deixá-lo ir ao encontro das estrelas.
Bonita sua homenagem.
Fica meu abraço de conforto e amizade.


De mafalda-momentos a 17 de Agosto de 2011 às 23:58
Oi Lis
Enquanto te respondo, oiço música com os phones - Fine Frenzy and Almost Lover...
isto para te dizer que muitas vezes entrelaço a minha vida com a música...

O que isto pode ter a ver com o nosso amigo Rolando? Talvez muito, talvez nada... enquanto ela canta, ela diz "goodbye my almost lover..."

Foi assim o amor deles... uma despedida... sem dúvida uma despedida cruel demais.

Penso muitas vezes que a vida é assim e quem não arrisca para viver o "TUDO", não vive plenamente. Assim consola-me o facto de o Rolando poder ter sido imensamente feliz nos seus últimos dias.
Mas nada realmente justifica este fim.

Esta homenagem que decorreu só pode ter acontecido por o Rolando ter sido a pessoa que era, sensível, afável, verdadeiro, autêntico.
É assim que sempre o recordaremos de sorriso no rosto e no olhar e quem sabe cada vez que olharmos uma estrela não o lembraremos assim.

Lis nunca me peças desculpa por escrever muito. É tão bom receber comentários assim tão emotivos, como este que aqui me deixaste.... e tem mais uma coisa... aconteceu na sua terra!? Lis poderia ter sucedido em qualquer outro lugar. 

Eu agradeço o teu abraço amigo que retribuo de coração aberto.

P.S. Se quiseres e gostares de música experimenta ouvir esta de que te falei. Basta entrar no Youtube e colocares na pesquisa:
Fine Frenzy - Almost lover

Um abraço 


De Existe um Olhar a 9 de Agosto de 2011 às 22:09
Gosto de sinos, do seu badalar compassado anunciando o passar da vida e aimpaermanência das coisas.
Mas o Rolando, esse continuará presente na nossa memória indiferente ao tocar do sino.

Beijos
Manu


De mafalda-momentos a 18 de Agosto de 2011 às 00:07
Indiferente ao tocar do sino, indiferente ao que escrevemos, indiferente às lágrimas derramadas, ao sofrimento...

Enfim, Manu para ele é suficiente a eternidade e isso é tudo o que ele terá enquanto existir um sopro de vida em quem com ele partilhou vida, simplesmente VIDA.

Beijinhos


De Julieta Barbosa a 10 de Agosto de 2011 às 01:00
Mafalda,


Quanta doçura nas palavras e quanta tristeza(e beleza) nessa imagem. Ela é uma metáfora para a despedida. Linda, linda, homenagem! Bjs


De mafalda-momentos a 18 de Agosto de 2011 às 00:15

Oi Julieta

O Rolando merecia que esta hpmenagem acontecesse!

E se consegui dar às minhas palavras algum significado que recorde a sua memória, na hora em que ele já não está entre nós, gostaria que lá onde possa estar, as pudesse escutar.

Obrigada por estares aqui
Bjs


De sandra a 10 de Agosto de 2011 às 01:44
Um encontro cheio de amoções para homenagear aquele que tanto contribuiu e participou da vida de minhas pessoas, na blogsfera. Muitas vezes não encontrasmos palavras para expressar este sentimento, então deixamos o silencio guardado no coração.É com muito carinho que nos reunimos neste dia para prestar esse último carinho a uma grande Pessoa chamada Rolando Palma.

"A morte é só uma mudança de estado.
Depois dela, passamos a viver em outra dimensão"

Sandra


De mafalda-momentos a 18 de Agosto de 2011 às 00:23

Verdade que sim Sandra.
É muitas vezes no silêncio que encontramos a melhor expressão para os sentimentos que o coração nos faz sentir.

Nessa outra dimensão talvez ele tenha sido tocado pela sensibilidade que lhe era peculiar e de longe assista com aquele sorriso que todos lhe conhecemos, a esta homenagem que só aconteceu, por o Rolando ser aquela pessoa especial e verdadeira.

Um abraço

P.S. As minhas desculpas por só agora responder


De luma rosa a 10 de Agosto de 2011 às 05:51
Uma perda irreparável!! Como Emily Dickinson bem escreveu: "A Dor tem um Elemento de Vazio" e essa homenagem pode não suprir a lacuna que ficou, mas por agora, o encontro de amigos, trará algum consolo. Bjs,


De mafalda-momentos a 18 de Agosto de 2011 às 00:32

Olá Luma Rosa

A dor vem da ausência e esta sem dúvida provoca um vazio dificil de superar, de suportar, de aceitar.

A homenagem é devida ao Rolando exactamente pela pessoa especial que era. A sua súbita partida, não podia deixar os amigos indiferentes.

Bjs

P.S. Peço-te desculpa pela demora na resposta


De Rosinda a 10 de Agosto de 2011 às 10:19
Gosto de ouvir os sinos tocar... mas prefiro que não seja porque alguem se foi. 
Contudo saber aceitar a morte é um dom .
Para ele eu desejaria mais uns tempos e que pudesse viver em plenitude o amor pelo qual morreu.
Agora ficam as lembranças;
Beijinho
Rosinda


De mafalda-momentos a 18 de Agosto de 2011 às 00:39
Olá Rosinda

Minha amiga a mim os sinos transmitem-me tanta serenidade...
Não desejo nunca ouvi-los tocar seja por quem for, mas aceito que na morte, infelizmente, é mais um ritual como qualquer outro, necessário para que se consiga aceitar a despedida.

Era demasiado cedo para partir... ficam as lembram´nças e a esperança de que os seus Últimos dias tenham sido imensamente felizes.

Beijinhos para ti


De luadoceu a 10 de Agosto de 2011 às 12:36
um grande beijinho mafalda
estarei sempre presente,quando possivel
fica bem na medida do possivel

 


De mafalda-momentos a 18 de Agosto de 2011 às 00:41

Obrigada Luazinha

Sei que posso sempre contar contigo amiga.
Um beijinho muito grande


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. A minha despedida

. Cansativo

. Desfolhando o malmequer.

. A praia é só deles.

. Ó noite de Santo António

. A pena do gabbiano deslis...

. O BEIJO

. Primavera

. Casa Arrumada... Desarrum...

. CASA ARRUMADA

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Musica

.O meu primeiro Selo


Obrigada Libel Linda

.O meu "Segundo" Selo


Obrigada Fátima

.El Puente - Serpai - 27/08/2010

Además del sello te regalo mi flor favorita... Gracias Sergio... un abrazo

.Obrigada luadoceu - 21/10/2010

.subscrever feeds