Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010

Saio da nostalgia e observo a disciplina

 

 

 

 

Esta é uma das coreografias dos prisioneiros do Centro de Detenção e Reabilitação da Província de Cebu.

 

Eis como com inteligência se pode promover a auto estima e a confiança num individuo aprisionado em vez de os manter na ociosidade de celas, onde nada de melhor aprendem do que aquilo que os colocou lá dentro.

 

Se, ou quando um dia saírem, serão com certeza seres melhores e mais capazes de levar a sua vida por diante.

 

Deveriam ser exemplos a seguir, que devolveriam a estes homens/mulheres uma nova oportunidade.

 

“Uma ideia de Byron Garcia, um consultor de segurança do

governo da província de Cebu. Ele afirma que a nova rotina de exercícios

melhorou "drasticamente" o comportamento dos presos e dois ex-detidos

transformaram-se em dançarinos desde então.

"Usando a música, pode envolver o corpo e a mente. Os prisioneiros têm que

contar, memorizar passos e seguir a música", disse Garcia à BBC.

"Os prisioneiros dizem-me: "precisa colocar a sua mente longe da vingança,

da loucura ou de planos para escapar da prisão ou juntar-se a uma gangue'",

acrescentou Garcia.”

 


publicado por mafalda-momentos às 20:52
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 5 de Outubro de 2010 às 13:02
Olá Amiga

Considero este vídeo aqui retratado uma auto-estima para quem se encontra preso, penso que não é entre 4 paredes e sem algo novo para  passarem o tempo, Todos os governantes deviam investir mais neste ponto, pois só assim é que os reclusos   veriam a vida com outros olhos, e um dia pudessem se regenerar (tirando o fazer as camas, limpar W.C., etc.), nada de mais útil fazem para a sociedade, existe sempre maneira de um dia serem alguém.

Beijinhos

Bom Feriado

ISA


De mafalda-momentos a 7 de Outubro de 2010 às 19:06

E tens toda a razão no  que afirmas amiga e foi o que eu senti também ao vê-lo.
Em Cebu fez-se luz e os prisioneiros contam já com uma série de coreografias.
Além de que tudo o que se relaciona com a música é extremamente apelativo, tornando-se um chamamento a que, na grande maioria das pessoas, aderem fácilmente.
O dificil é convencer os governos de que é necessário e positivo investir neste tipo de coisas e refiro-me claro ao caso concreto de prisioneiros.
É o mundo que temos!!!
Beijinhos


De retornodemim a 6 de Outubro de 2010 às 16:13
Uma bela noticia neste maldito mundo...que surjam muitos homens assim que em vez de se sentarem a uma secretària se lembrem que afinal todos somos humanos.
Beijinhos Amiga e tudo de bom


De mafalda-momentos a 7 de Outubro de 2010 às 19:21

Olá meu amigo

Recebo-te sempre com muita alegria, apesar do dia cinzento de hoje.

Como concordo contigo Rui... é um mundo tão desumano que às vezes nem dá para acreditar ao que vamos assistindo pelo caminho.
Quando surge algo de bom é caso para divulgar e dar a devida importância.
Quem dera que se aprendesse muito mais com estes exemplos, mas há pessoas que preferem nem ver aquilo que é evidente.
Como vulgarmente se diz, sacudir a água do capote é bem mais fácil.

Beijinhos e que a vida te brinde sempre com uma boa estrelinha   



De luadoceu a 6 de Outubro de 2010 às 18:44
Mafalda
Nao e por ser criminoso, que um homem/mulher nao possa reaprender tudo o que ja desaprendeu ou aprender o que ainda nao aprendeu.
E preciso e força de vontade e liberdade de expressao e nao aniquilaçao de alma e corpo
Basta querer e naoe star preso somente as celas e ver o sol aos quadradrinhos,mas tb parte da instituiçao prisional dar aprendizagem aos mesmos,ate pq nao inciativa dos mesmos,dificil,mas consegue se
Tudo e uma aprendizagem ou reaprendizagem,basta querer
Bjinhos Mafalda,desculpa o atraso da resposta


De mafalda-momentos a 7 de Outubro de 2010 às 19:36
Luazinha

Claro que não minha amiga.
O problema está em que nada se faz por estas pessoas, para que saiam melhores do que entraram, para que um dia ao serem novamente confrontadas com a realidade, se sintam motivadas e  possam ser de novo integradas e inseridas na sociedade, sem serem marginalizadas
e com oportunidades de poderem seguir em frente, uma nova vida digna.
Quando encontro exemplos destes, acredita que ma sinto feliz, mas ao mesmo tempo pesarosa, por serem apenas exemplos e não práticas comuns.
É dificil? Talvez! Mas eu acho que só não se faz porque quem manda não está para resolver problemas de quem precisa, mas cada vez mais para satisfazer as suas próprias necessidades de terem PODER. Politicos!!! Quem não os conhece que os compre.
Beijinhos para ti


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. A minha despedida

. Cansativo

. Desfolhando o malmequer.

. A praia é só deles.

. Ó noite de Santo António

. A pena do gabbiano deslis...

. O BEIJO

. Primavera

. Casa Arrumada... Desarrum...

. CASA ARRUMADA

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Musica

.O meu primeiro Selo


Obrigada Libel Linda

.O meu "Segundo" Selo


Obrigada Fátima

.El Puente - Serpai - 27/08/2010

Además del sello te regalo mi flor favorita... Gracias Sergio... un abrazo

.Obrigada luadoceu - 21/10/2010

.subscrever feeds