Sexta-feira, 13 de Agosto de 2010

PERFUMES

 

 

Cheira a Verão… cheira a férias… a calor… cheira a Sol e a Mar. Pelas praias, sentem-se os cheiros misturados dos vários cremes protectores… nos salpicos que nos refrescam da ondulação que em espuma branca se desfaz na areia, cheira a maresia e no sentido da memória, cheira aos fritos adocicados da Bola de Berlim.

Nos bancos dos jardins, onde se procura o acolhimento da sombra da copa de uma árvore, cheira à magnólia florida, cheira a rosas e a cravos nos canteiros, cheira a lírios e à ervilha-de-cheiro que se enrola pela armação do pequeno lago. Um misto de aromas que nos inebria e cheira a sonhos… sonhos que nos despertam para a vida.

Nas casas abrigam-se os cheiros dos frutos apetitosos… o pêssego suculento, o melão de sabor fresco e a melancia tão cheia de charme.

Pela cálida e calma noite que chega, cheira à doce madressilva e à glicínia frondosa.

Nos campos cheira a alecrim e a rosmaninho e pela madrugada cheira ao cheiro do pão fresco.

Ao olfacto apurado, surge um outro cheiro… cheira a fumo… cheira a lenha queimada.

Não é o cheiro do churrasco que esse é de carvão, nem à lareira acesa que essa só no Inverno.

São as florestas a arder… aqui… ali… além e ainda mais além.

São as árvores a morrer numa horrenda agonia, numa afronta ao ambiente que desolado se torna.

São os homens cansados e suados de coração arrefecido por tanto calor enfrentado, pela impotência sentida de não poder acudir, pela dor de assistir a alguns companheiros perder.

Bravos Homens Estes!

Homens de alma apetrechada de coragem, mas mal apetrechados de meios industriais que mais não possuem e nem têm como exigir.

E quem pode, assiste simplesmente abrigado no seu conforto… promete fingindo uma mágoa que não sente e nada faz.

No próximo Verão tudo voltará a ser como agora… e nós vamos ficando de cada vez, mais tristemente empobrecidos, porque a nossa floresta arde em fogo que se vê, se sente e não se apaga.

 

 

 

Mafalda, 13 de Agosto de 2010


publicado por mafalda-momentos às 10:32
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De FatimaSoares a 13 de Agosto de 2010 às 11:52

Minha doce amiga eu tb me sinto indignada com isto. Cheira a terra queimada, morre a natureza que tantos séculos custa a repor e morre o planeta e será que ninguém vê que morremos nós? Bravos bombeiros a quem devemos tanto e em memória de alguns que deram a vida por um ideal o de combater o infame fogo que muitos ateiam e indigno mesmo. Um beijinho minha amiga de coração e um óptimo fsemana amiga. Esperemos que a temperatura desça um pouco para ver se termina este pavor. Bjs 


De mafalda-momentos a 17 de Agosto de 2010 às 12:56
Quem pode não se sentir indigndo não é Fátima?
Sei que este ano o calor tem sido demasiado e fogos sempre houve, mas assim acho demais.
E ninguém consegue travar este curso de destruição??!!!
Sinto mesmo revolta e tristeza.
Os Bombeiros são Homens como nós... hão-de sentir os seus medos, mas vão em frente num combate desigual porque o fogo é bem mais forte.
Têm toda a minha admiração.
Um beijinho para ti também Fátima e obrigada por teres vindo nesta hora triste.
Bjs


De Anónimo a 14 de Agosto de 2010 às 14:01
Boa Amiga

Pois é verdade, no Verão quando existem mais aromas frescos que só nos apetece estar de "papo para o ar" e comer coisas boas e frescas e, zás aparece-nos vindo não sei por onde o odor a queimado que arrasa tudo e todos que apanha pela frente. É triste vermos a N/ Terra ser assim consumida pelo fogo mais pessoas e  os animais, quanto tempo mais temos que aguentar estes actos de vandalismo?????

Seria bom, além de apanharem estas pessoas e fazerem paga-las pelo que fazem, que também viessem uns dias mais frescos e, com uns aguaceiros até ajudava os Soldados da Paz, na sua difícil tarefa que tem sido este ano?!

Assim teriamos um final de Verão mais tranquilo.


Beijinhos





ISA


De mafalda-momentos a 17 de Agosto de 2010 às 13:12
Olá Isa

É como dizes... numa época do ano com tanto cheirinho bom, surge-nos como um mau elemento este cheiro da destruição de um belo património nosso.
Custa, indigna, faz sentir revolta e tristeza, assistir a tudo isto.
Já nem consigo entender de que tipo de vandalismo se trata ou qual é pior... se aquele que surge de mãos que ateiam o fogo, ou se aquele que vem das mãos de quem não cuida das suas matas.
A verdade é que não existe prevensão... e isso a quem compete?
Sabes eu nem gosta da chuva, mas acredita que já desejei 2 dias de chuva de Inverno para pôr termo a isto e dar um pouco de tréguas e descanso aos Bombeiros. Para eles vai toda a minha Admiração.

Beijinhos para ti ISA e o meu obrigada pela tua solidariedade.
Mafalda


De Paulo a 17 de Agosto de 2010 às 11:06
Bom dia Mafalda

Adorei o teu texto como uma bela homenagem aos Bombeiros deste país, homens de coragem que deles se lembram na hora da aflição.

Gostei da chamada de atenção em palavras que tocam, para as florestas que desaparecem a olhos vistos, se lembrarmos que cada árvore demora 10 a 20 anos a formar-se, ao ritmo dos incêndios anuais, em poucos anos só vamos poder ver as dos jardins públicos e particulares, bem como as das avenidas!!!

beijinho e uma excelente semana *_*


De mafalda-momentos a 17 de Agosto de 2010 às 13:39

Olá Paulo

É mesmo uma tristeza meu amigo. Eu sinto-me mesmo revoltada.
Num país tão pequeno que temos a sorte de ter as mais diversas paisagens, não somos capazes de cuidar dele condignamente. Num Inverno que tanto choveu, se as matas estivessem limpas...!
Todos os anos se repete e assistimos à destruição de uns bons pedaços de hectares de floresta ardida. O que resta é terra queimada.
Compram-se submarinos, sabe-se lá para quê... ou melhor... para engordarem os bolsos de alguém... ou será que vamos para a guerra e não sabemos... e mesmo que fossemos deviam servir-nos de muito..., mas não se compram suficientes meios aéreos de combate ao fogo.
Há sempre várias frentes num fogo e muitas vezes em locais inacessíveis... não seria essa a melhor maneira de combate?
Enfim, as árvores morrem, mas ninguém se lembra que nós morremos um pouco com elas.

Beijinhos Paulo e boa semana também.


De luadoceu a 17 de Agosto de 2010 às 11:59
ola Mafalda
obrigada pelas palavras ditas e sentidas no aniversario de minha filha,que cujas festas correram mto bem felizmente

os cheiros sao felizes e sorridentes qdo cheiram a perfume sim senhora e bem tratados
mas os cheiros que chegam ate nos de destruição, não faz bem nem a nos,nem a natureza,que a estraga e depois claro esta,revolta se

e muito triste ver patrimonio estragado com mao criminosa e alguns deles ainda soltos a continuar a fazer estragos...

os bombeiros deviam ser homenageados todos os anos e sobretudo nestas epocas...sao homens de coragem....porque lutam mesmo pela camisola e sobretudo pelo bem estar da natureza e patrimonio das pessoas e vidas...e qtas vidas de bombeiros nesta causa ja se foram
bjos mafalda, boas ferias ou bom trabalho

bjinhos


De mafalda-momentos a 17 de Agosto de 2010 às 15:54
Olá Lua
Ainda bem que tudo correu bem e em abundância de alegria.
Quis apenas oferecer-te um miminho pelo dia tão importante.
Também sou mãe... sei bem o que isso significa e o que continuo a desejar-te e para a bebé também é uma vida feliz.

Quanto aos incêndios... tens toda a razão... a Natureza há-se vingar-se destas afrontas e eu sinto-me revoltada pelo que acontece e por não entender como pode haver gente que não percebe isso.
Os Bombeiros são de facto Pessoas dignas do nosso agradecimento... muitos deles até são voluntários e não deixam de lutar.
Ainda hoje no noticiário ouvi um popular dizer sobre o fogo na serra do Soajo que os incêndios não se combatem no Verão, mas sim no Inverno com prevenção. Ele tem razão... mas neste país faz-se alguma coisa do que se deve?

Luadoceu isto é o meu desabafo sentido.
Mas não quero contagiar-te, quero apenas que fiques bem.
Beijinhos


De Marisa Ferreira a 17 de Agosto de 2010 às 16:43
É muito triste... mesmo muito triste... são imensidões de terra nua e ardida...o gerês que outrora foi um pedaço de paraíso aqui no nosso Portugal... o que é o gerês agora? Fico muito triste cada vez que vejo as notícias... *


De mafalda-momentos a 17 de Agosto de 2010 às 17:25
Olá Marisa

Sê benvinda a este meu espaço... é sempre bom receber novas visitas, embora, hoje, por um motivo tão triste.

Compreendo o que sentes. Conheci o Gerês um paraíso como muito bem lhe chamas e doi mesmo ver tanta beleza completamente arrasada.
Como já atrás referi, não compreendo que num território tão pequeno como é o nosso país, onde tanta e diversa beleza se pode encontrar, não se consiga ter planeamentos para se controlar e evitar certas catastrofes como é o caso do fogo.
Só pode ser por negligência.

Junto-me a ti nessa tristeza. Resta-nos a esperança que alguém olhe com olhos de ver para estes terróveis exemplos.


De luadoceu a 22 de Agosto de 2010 às 13:44

Estas bem Mafalda?
Andas ausente

Mtos dias sem postar
N estas mal de saude pois nao?

Beijinhos

*Tantos hectares de floresta estragda Mafalda,m tantos, que vai demorar tanto a recuperar e ainda por cima,pessoas que perderam bens:animais e terras devdo ao criminoso que ateoou os fogos...c recuperar a alegria e forma de viver?Seu sustento?
è mto triste a falat de consciencia destes criminosos de facto


De mafalda-momentos a 23 de Agosto de 2010 às 02:38

Olá Luadoceu

Tá tudo bem não te preocupes.
O calor e o verão trazem mais solicitações para passar mais tempo na rua... ou simplesmente de preguiça... é só isso.

Agora resta-nos esperar para ver de novo a terra pronta a deixar brotar nova floresta.
É mesmo muito espaço estragado... é triste... é falta de consciência... sei lá que mais se pode dizer.

Luazinha um beijinho para ti 


De norau a 17 de Agosto de 2010 às 19:28
Amiga!

Todos os cheiros maravilhosos que tanto amo, pão fresco, madressilva, rosmaninho, maresia...todos os que mencionou e outros que a ambas  não lembra agora, estão envoltos, sujos, perdidos irreversivelmente neste cheiro de morte...

Beijinhos


De mafalda-momentos a 18 de Agosto de 2010 às 00:25
Olá Ná

É uma verdadeira desolação que entristece quem vê e sente e que só empobrece ainda mais um património tão bonito e rico que este nosso pequeno país tem.
Adivinho ainda a aflição das pessoas que têm os seus pertences em risco.

Agradeço a tua vinda... é sempre um prazer receber novas pessoas e espero ver-te mais vezes, já que hoje a recepção não foi das mais alegres.

Beijinhos
Mafalda


De lis a 19 de Agosto de 2010 às 19:59
Oi Mafalda
Gosto muito das suas crônicas , seu jeito de  falar da natureza , das amizades        , brincas  com as palavras e isso agrada  não  só a mim mas todas as  almas sensíveis!
                   Gostei                                                               do seu clamor na voz da autora americana _ " por favor nao matem a cotovia  "  e todos os sorrisos    muitos mais de mil rsrs  e esses Perfumes que  show      de                           sentidos , amei os bancos dos jardins com cheirinhos  de flores, magnólias ,jasmins  ,madressivas .Os frutos            da  estação  saborosos   e saudáveis .
E esse seu verão que esse ano demorou mas veio firme e forte a    levá-los  as praias tão belas    e imensas.
Triste é que nem todos sentimos                                  o mesmo, há quem queira derrubar nossas árvores                                                        ,  empobrecer nosso solo ,  tirar                                                                                                                                                        nosso oxigênio e matar passarinhos empoleirados em galhos.
Porque ?   vai entender  a humanidade? meu coração tembém arde Mafalda.
Que alguém os combata muito mais que o fogo que alastra!
beijinhos pra voce e desculpas nao vir com mais frequencia ao seu sítio lindo!
Mesmo longe           geograficamente, estou por perto.ok?
de coração.
com afeto e abraços


De mafalda-momentos a 23 de Agosto de 2010 às 02:28
Oi Lis

Como é gostoso ter-te aqui comigo.
Deixas-me sempre palavras de elogio que eu te agradeço demais... eu nem mereço tanto Lis, mas é uma verdade que amo a natureza e por isso dá-me gosto falar dela.

Os muitos sorrisos foram para a Manu pelo seu dia de aniversário e adorei fazer-lhe essa pequena mensagem.

A injustiça e o preconceito são outros males com que o meu coração se revolta, por isso fui lembrar daquele livro que li muito jovem e que nunca esqueci.

Os perfumes... há tanta beleza nos cheiros de todos os dias se os nossos sentidos estiverem atentos, pena que a vida apressada que tantas vezes somos obrigados a levar, não nos deixe espaço para apreciar...
mas tudo tem o seu lado ruim e o cheiro a terra queimada que é tudo quanto os incêndios nos deixam, nos roubando um património precioso é triste e desolador.

Para empobrecer os povos e o planeta já bastavam as catástrofes naturais, mas o homem tem o seu defeito destruidor.

Esperemos com paciência que a terra volte a florescer.

Nada de desculpas Lis... vens quando tiveres vontade e eu cá estou pra te receber sempre com enorme carinho. Obrigada.

Para ti Lis vai um grande e sentido abraço levado pelas ondas deste belo oceano que fica entre mim e ti.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 21 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A minha despedida

. Cansativo

. Desfolhando o malmequer.

. A praia é só deles.

. Ó noite de Santo António

. A pena do gabbiano deslis...

. O BEIJO

. Primavera

. Casa Arrumada... Desarrum...

. CASA ARRUMADA

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.Musica

.O meu primeiro Selo


Obrigada Libel Linda

.O meu "Segundo" Selo


Obrigada Fátima

.El Puente - Serpai - 27/08/2010

Además del sello te regalo mi flor favorita... Gracias Sergio... un abrazo

.Obrigada luadoceu - 21/10/2010

.subscrever feeds