Sexta-feira, 10 de Agosto de 2007

Recordação

 

 

Guardei com ternura no meu peito bem juntinho ao coração, a beleza da mensagem, via telemóvel, de meu filho João.

Está de férias alguns dias no Porto com a Lili, sua namoradinha.

E hoje, que é sexta-feira, mandou-me uma mensagem escrita que a seguir transcrevo:

- “Jogámos no euromilhões, tínhamos a certeza que íamos ganhar e só levámos um fardo de palha. Guardámos para a familia. Eheheh! Amo-te muito mãezita.”

Eu sei que os meus filhos gostam de mim e comigo se preocupam. Que sou importante na vida deles, mas nunca até agora, algum deles me havia dito que me amava muito, assim por estas palavras mesmo.

Fiquei deleitada, vivamente enternecida! E que não tenham ciumes os outros porque não vou ficar a amar mais o João que a eles por este episódio.

Só que é tão bom filho que te agradeço infinitamente e uma humidade que sinto no cantinho dos olhos me diz que fiquei comovida!

“Amo-te muito mãezita”, releio.

Será que alguma vez disse à minha mãe o quanto a amava?

Acho que não! De certeza que não!

E agora que dou conta disso sinto um vazio!

Lembras-te mãe quando embirrava contigo por causa da sopa de nabos?

E tu aflita, desgostosa até, dizias:

- Não filha. A sopa não tem nabos. Eu sei que tu não gostas. Não ponho nunca!

Mas eu continuava:

- Mãe, achas que me enganas? Sei muito bem que pões! Tu e o pai gostam!

E cada vez mais te punha mais nervosa.

Era a brincar sabes? Gostava de jogar contigo ao gato e ao rato. E sem querer não deixava de te arreliar. Se calhar de te magoar.

Agora sinto remorsos porque não sei se me percebias.

Desculpa por todas as vezes que o fiz, até para além da sopa de nabos. É tarde?

Ainda hoje às vezes ao acordar me parece ouvir-te, quando de manhã me levavas o sumo de laranja chamando-me para me levantar.

Sinto tantas saudades tuas mãe! Fazes-me tanta falta!

Não imaginas quanto me dói não ter estado presente no teu último respirar. É um momento que faz parte do meu mundo de fantasmas.

E de mãe para filho, passei de filha para mãe. 

Quando somos novos não atingimos a dimensão do amor dos pais pelos filhos e nem sempre, como filhos, correspondemos no nosso melhor.

É tão fácil ver isso agora!

Sorrio ao pensar nisso vês?

E aqui te deixo uma flor.

Oxalá pudesses sentir-me agora! Tão bom seria se fosse possível!

Oxalá possam meus filhos sentir-se assim um dia por mim!

Mafalda, 10 de Agosto de 2007


publicado por mafalda-momentos às 22:18
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 21 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A minha despedida

. Cansativo

. Desfolhando o malmequer.

. A praia é só deles.

. Ó noite de Santo António

. A pena do gabbiano deslis...

. O BEIJO

. Primavera

. Casa Arrumada... Desarrum...

. CASA ARRUMADA

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.Musica

.O meu primeiro Selo


Obrigada Libel Linda

.O meu "Segundo" Selo


Obrigada Fátima

.El Puente - Serpai - 27/08/2010

Además del sello te regalo mi flor favorita... Gracias Sergio... un abrazo

.Obrigada luadoceu - 21/10/2010

.subscrever feeds