Domingo, 27 de Dezembro de 2009

Aos meus três amores...

 

Lembra-te de mim

 

 

Se um dia

vires um filme, leres um livro, assistires a um

qualquer concerto, sentires vontade de dançar,

ou mesmo, sem escutares, ouvires um coro cantando...

Lembra-te de mim

 

Se um dia

partires em viagem, para longe ou para perto,

vires lugares inesquecíveis que guardarás na memória,

conheceres gentes diferentes e te sentires abençoado...

Lembra-te de mim

 

Se um dia

em silêncio contemplares o oceanoo no horizonte

se unindo ao céu, amares e fores amado, ou

amares e fores rejeitado, te sentires só, ou

num simples olhar encontrares aconchego...

Lembra-te de mim

 

Se um dia

te sentires triste e achares que a vida te corre do lado

contrário ao desejado, te cruzares com a injustiça e a

fealdade do mundo, ou te sentires alegre por uma

pequenina victória, ou simplesmente por nada...

Lembra-te e mim

 

Se um dia

pela primeira vez  em teus braços embalares

um pequenino ser, talvez sentindo lágrimas nos olhos,

e cheio de ternura  em seu rosto deres um beijo...

Lembra-te de mim

 

Se um dia

o teu coração chorar ao ver alguém que ames partir

para aquele lugar de onde não mais se volta...

Se me vires partir a mim também...

Lembra-te de mim

 

Lembra-te de mim

pois tudo isto eu já vivi

mas vivi de verdade com paixão e intensidade

no brilho do sol, ou no cinzento da tempestade

e valeu a pena

 

Guarda bem o bom da vida e aprende. Ri, chora, grita,

decide, luta, ousa, caminha porque o tempo que passa

se torna irrecuperável, reconhece e assume teus erros

pede desculpa se for preciso e mesmo triste, não

guardes  mágoa porque ela corroe a alma

dá um bocadinho de ti a quem de ti precisar

sê sempre tu verdadeiro e único.

Vive, não passes pela vida apenas

 

E se te lembrares de mim

faz da minha lembrança o teu apoio, o teu conforto

guarda-me em teu coração e aí onde a memória

não esquece, eu continuarei vivendo

E sempre junto

de Ti,

de Ti

e de Ti

estarei,

sempre te amando, jamais te abandonando.

 

Com todo o meu amor, a tua simplesmente mãe.

 

 

 

Mafalda, 24 de Dezembro de 2009


publicado por mafalda-momentos às 19:24
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De inoutyou a 27 de Dezembro de 2009 às 22:32

Que lindo, Mafalda,

Sem dúvida que eles vão lembrar ou não fosses tu MÃE

Beijinhos e BOM ANO
Alex


De mafalda-momentos a 30 de Dezembro de 2009 às 11:31
Bom dia Alex

São muitas as fases de ser mãe. Amar, dar carinho, ensinar, alertar, tantas mais... mas depois já não podemos decidir por eles. É então a altura de mostrar caminhos, de mostrar as diferenças, os riscos de fazer comparações entre princípios... e tudo sempre amando com aquele amor que não há igual.
O que lhes digo é que em qualquer circunstância se lembrem que podem contar comigo, que não se deixem abater e amem a vida.
Um Ano Novo de 2010, cheio do que mais ansiares para ti.
Beijinhos
Mafalda


De Jorge Soares a 27 de Dezembro de 2009 às 23:28
Somos o que vivemos... e se vivemos é porque ela e o seu amor viveram em nós... como esquecer?

Lindo... lindo... lindo..... uma ode ao amor.

Beijinho Mafalda
Jorge


De mafalda-momentos a 30 de Dezembro de 2009 às 11:44
Jorge
Como esquecer? Dizes bem. As saudades que eu sinto do suminho de laranja que a minha mãe me levava quando me ia acordar... Tanta coisa boa amigo!

É um amor incondicional e eterno aquele que sentimos pelos filhos.
É nossa missão acima de tudo prepará-los para assumirem a sua própria vida, sempre lembrando-lhes o quanto são amados.
Obrigada Jorge e um Beijinho para ti.
Mafalda


De libel a 28 de Dezembro de 2009 às 20:52
Mafalda é isso tudo que uma mãe quer, sentir o conforto de seus filhotes, sentir a sua felicidade, sentir que estão bem e que até longe o seu perfume se acomoda nos nossos sentires, as suas tristezas nos alertam, as suas alegrias invadem nosso coração, enfim...em qualquer lugar, em qualquer altura, em qualquer situação eles estão sempre presentes, dentro de nós, todos os nossos sentidos estão virados para eles e eles sabem que este aconchego ninguém lhes tira, este amor é eterno, veio para ficar e para ser demonstrado a toda a hora. Esse é o grande milagre da vida, O AMOR, sentimento tão nobre, mas tão imenso em grandeza de sentir.

Beijinhos aos teus 3 mosqueteiros, abençoados na mãe que os acompanha e que lhes demonstra com tanto carinho todo o seu amor.

Beijinhos para ti amiga e Um Feliz Ano Novo, que venham muitas alegrias e principalmente que a saúde sempre te acompanhe...porque a paz já tu alcançaste.

És lindaaaaaaaaaaaa......

Beijokas


De mafalda-momentos a 30 de Dezembro de 2009 às 12:01
Libel minha amiga
Tu bem sabes como é! Definiste-o muito bem esse milagre da vida que é esta forma de amar, única, grandiosa e eterna...
Os meus 3 mosqueteiros agradecem-te os beijinhos e a amizade que tens pela mãe deles.

Amiga linda obrigada... tu és especial... às vezes ao ler-te fico assim com os olhos humedecidos... sabes como é?...

Beijinhos para ti de Feliz Ano Novo, de Feliz Vida, de Felizes Sorrisos, de Felizes Amores.

Beijocas amiga




De Sindarin a 29 de Dezembro de 2009 às 11:57
Olá minha amiga! Peço desculpa de andar distante. Li este belíssimo poema de amor incondicional de mãe cheio de dedicação. lembra-me um k um dia tb fiz. Só quem é mãe sabe perceber este entregar-se. Um grande beijinho minha amiga. Adorei, aproveito tb para desejar um Ano Novo cheio de saúde amor e alegria junto de todos os seus amores e já nem sei se te tratava por tu amiga desculpa. Mas para ti e os teus tudo de bom hoje e sempre.


De mafalda-momentos a 30 de Dezembro de 2009 às 12:12
Olá Sindarin
Não peças desculpa amiga porque eu compreendo que nem sempre podemos chegar a tudo.
Que somos nós mães senão amor incondicional e dedicação a todo o instante? Todas sentimos o mesmo pelos nossos filhotes.
Obrigada Sindarim por teres vindo deixar-me a tua amizade... e claro que é por "tu".
E também para ti um Ano Novo com o melhor que possas desejar e junto de todos que façam a tua felicidade.
Beijinhos


De elisabete a 31 de Dezembro de 2009 às 18:55
Mãe somos desde que os filhos nascem, até que a morte nos leve.
Que bela mãe tens sido e que lindas palavras diriges aos teus filhos.
Com uma mãe como tu, nunca eles poderão esquecer-te de ti.


De mafalda-momentos a 1 de Janeiro de 2010 às 20:58
Querida Bete
Como tu bem sabes, sou uma mãe igual a tantas outras... o que nunca conseguirei ser, é ser igual a ti.

O que lhes quiz transmitir foi que vissem no meu exemplo de vida, que por muito que ela nos traia, há sempre algumas coisas boas, das quais podemos fazer uma tábua de salvação. Às vezes vamo-nos mais abaixo, noutras levamos mais tempo a vir à superfície, mas sempre temos que lutar para vir respirar. Se se lembrarem disso, estarão a lembrar-se de mim.
Obrigada por estares sempre presente.


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 21 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A minha despedida

. Cansativo

. Desfolhando o malmequer.

. A praia é só deles.

. Ó noite de Santo António

. A pena do gabbiano deslis...

. O BEIJO

. Primavera

. Casa Arrumada... Desarrum...

. CASA ARRUMADA

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.Musica

.O meu primeiro Selo


Obrigada Libel Linda

.O meu "Segundo" Selo


Obrigada Fátima

.El Puente - Serpai - 27/08/2010

Además del sello te regalo mi flor favorita... Gracias Sergio... un abrazo

.Obrigada luadoceu - 21/10/2010

.subscrever feeds