Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

Todos iguais...Todos diferentes...

 

Vimos todos ao mundo do mesmo modo.

Nascidos do ventre de nossas mães, abrimos caminho para a vida.

Também todos do mesmo modo partimos.

E deixando neste mundo a vida, encontramos o caminho para a morte.

Nestes dois únicos pontos somos... todos iguais.

Mas os percursos da vida diferenciam cada um de nós.

E é aí que nos encontramos... todos diferentes.

 

O mundo está em constante mutação. A evolução é desmesurada. A ambição também.

Vivemos uma era de alta tecnologia, mas cada vez o fosso cavado entre a humanidade é maior e as diferenças entre o ser humano abismal.

 

Não cuidem que sou anti progresso. Progresso sim! Mas acessível a todos.

 

Seria tudo isto necessário para gerar infelicidade?

Não bastara os castigos dolorosos que a vida nos impõe?

 

Sexta-feira passada eu vim triste.

Nada que fosse surpresa...nada  que  não tivesse já visto!

Mas algo que sempre doi. E a dor é mais intensa ainda, pela impotência sentida de nada poder ajudar.

A esperança aqui, parece já ter partido! A luzinha no fim do caminho, parece ser já uma utopia!

 

Não te esqueças ser humano que a vida pode ser injusta e cruel.  E um dia, quem sabe, incauto, podes ser tu o “comtemplado”.

 

 

Mafalda, 29 de Maio de 2009


publicado por mafalda-momentos às 13:57
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Maio de 2009

...alma de segredos...

 

 

 

Na minha alma de segredos te amei.

Na minha alma de segredos vivi

abraços e beijos ardentes.

Na minha alma de segredos houve sorrisos

 e beleza na leveza de sonhos.

Na minha alma de segredos, por fim te guardei.

Na minha alma de segredos, há solidão, lágrimas, recordações, saudades.

Na minha alma de segredos, por fim te fechei,

sem dizer adeus.

Não me peças para te deixar ir,

que não te peço para ficares!

Na minha alma de segredos amor, vives tu,

só tu e mais ninguém!

 

 

 

Mafalda, 21 de Maio de 2009


publicado por mafalda-momentos às 21:55
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 12 de Maio de 2009

...se fui eu que te escolhi...

 

Assim como o vento forte rasga o ar arremetendo-se impiedoso sobre tudo que se cruze em seu caminho...

Assim tu rasgaste meu peito sem pudor e contra meu coração investiste a dor da falta de coragem – deixaste-o magoado,desiludido...

 

Assim como a chuva que as grossas e escuras nuvens largam, atravessa o ar em todo o seu espaço e se precipita, sem pedir, no solo...

Assim tu abriste a minha fonte de lágrimas e puseste em meus olhos, água triste caindo em meu colo...

 

Assim como as marés no oceano vão e vêm, ora abandonando ora beijando de mansinho a solitária areia...

Assim tu vais e vens, não me escolhes, mas me queres, não me tens, mas não me libertas...

 

Ou serei eu que não me liberto?

Porque não abraço eu o Bom Tempo?

Afinal que culpa tens se fui eu que te escolhi...

 

 

 

Mafalda, 12 de Maio de 2009  


publicado por mafalda-momentos às 10:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 2 de Maio de 2009

Sozinha

 

 

Here i am, alone.

Sozinha como sempre.

Acabei de ver um filme e agora que fazer?

Muitas vezes dói. O coração fica apertadinho e no entanto parece, não caber no peito, na garganta desenha-se um nó que parece não deixar respirar e nos olhos, nesses o único sinal visível. Ficam brilhantes e molhados e contraditoriamente, toldam-nos a visão.

Mas teimosamente penso, ou digo mesmo falando para mim – Não choro!

Assim foi hoje.

Levantei-me apressada e fui até à janela.

Foi feriado e sexta-feira, um fim de semana maior. Permitiu a muitos saborear o gozo de umas míni férias ou saídas mais despreocupadas.

A noite está calma e agradável. Na rua um carro estacionado de luzes acesas e portas abertas deixa ouvir a música alta e fora dele um grupo de jovens fumam o seu cigarro e conversam alegremente, misturando gargalhadas com música.

É bom sentir a juventude!

E na minha rua sempre tão movimentada mais nada perturba o silêncio.

Sinto um cheirinho bom, doce. São as árvores que estão em flor e exalam seu perfume.

Olho o céu. A lua nítida, espalha luz ao seu redor. É um perfeito “D” desenhado.

A quem saíram os homens minha bela Lua “mentirosa”?

E mais pequenas ou maiores, milhares de estrelas brilham, lá bem alto.

Que beleza!

Vou fixando uma, mais uma e outra e mais outra...

E cada uma delas me conta uma história. Não são histórias de encantar.

Contam-me a tua, a tua e ainda a tua. A de ti e a de ti também. Contam-me a de vocês, uma de cada vez. Ah! E a tua! É a mais afortunada.

Oiço todas. Junto-as. E juntas são a minha história.

 

Mafalda, 2 de Maio de 2009


publicado por mafalda-momentos às 00:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. A minha despedida

. Cansativo

. Desfolhando o malmequer.

. A praia é só deles.

. Ó noite de Santo António

. A pena do gabbiano deslis...

. O BEIJO

. Primavera

. Casa Arrumada... Desarrum...

. CASA ARRUMADA

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Musica

.O meu primeiro Selo


Obrigada Libel Linda

.O meu "Segundo" Selo


Obrigada Fátima

.El Puente - Serpai - 27/08/2010

Además del sello te regalo mi flor favorita... Gracias Sergio... un abrazo

.Obrigada luadoceu - 21/10/2010

.subscrever feeds