Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

Todos iguais...Todos diferentes...

 

Vimos todos ao mundo do mesmo modo.

Nascidos do ventre de nossas mães, abrimos caminho para a vida.

Também todos do mesmo modo partimos.

E deixando neste mundo a vida, encontramos o caminho para a morte.

Nestes dois únicos pontos somos... todos iguais.

Mas os percursos da vida diferenciam cada um de nós.

E é aí que nos encontramos... todos diferentes.

 

O mundo está em constante mutação. A evolução é desmesurada. A ambição também.

Vivemos uma era de alta tecnologia, mas cada vez o fosso cavado entre a humanidade é maior e as diferenças entre o ser humano abismal.

 

Não cuidem que sou anti progresso. Progresso sim! Mas acessível a todos.

 

Seria tudo isto necessário para gerar infelicidade?

Não bastara os castigos dolorosos que a vida nos impõe?

 

Sexta-feira passada eu vim triste.

Nada que fosse surpresa...nada  que  não tivesse já visto!

Mas algo que sempre doi. E a dor é mais intensa ainda, pela impotência sentida de nada poder ajudar.

A esperança aqui, parece já ter partido! A luzinha no fim do caminho, parece ser já uma utopia!

 

Não te esqueças ser humano que a vida pode ser injusta e cruel.  E um dia, quem sabe, incauto, podes ser tu o “comtemplado”.

 

 

Mafalda, 29 de Maio de 2009


publicado por mafalda-momentos às 13:57
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De elisabete a 10 de Junho de 2009 às 22:43
nada é mais inconstante que o Ser Humano, que pode ao mesmo tempo revelar-se anjo e demónio. as tuas palavras dizem isso mesmo. O que precisamos pensar é que não deixamos de ser mais uma espécie transitória neste planeta; depois de nós virá quem talvez saiba aproveitar melhor o que lhe é dado e cuidar dos seus com mais "humanidade" do que nós. Obrigada por nos dares estes momentos de reflexão.


De mafalda-momentos a 7 de Agosto de 2009 às 13:55

Desculpa minha querida só agora te responder.

Mas porque não aprendemos nós os humanos o dom da "humanidade"?

Não seria isso mais natural em nós, do que esperar que, quem quer que seja um outro ser, o faça?

Ah! As contradições que nos traz a nossa condição de humanos!



De elisabete a 7 de Agosto de 2009 às 16:59
O Homem enquanto animal global, não aprenderá nunca a Humanidade, porque possui vaidade a mais para compreender que a sua passagem por este universo é temporária.
A capacidade de falar em vez de o tornar melhor, deu-lhe um orgulho doentio do qual não vai desprender-se tão depressa.
A esperança é que a mutação que lhe seguir seja mais perfeita, entretanto o que nos resta é individualmente ter sermos mais humanos, pois colectivamente, somos apenas predadores. E não vale a pena ficarmos tristes por isso, é a nossa condição.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. A minha despedida

. Cansativo

. Desfolhando o malmequer.

. A praia é só deles.

. Ó noite de Santo António

. A pena do gabbiano deslis...

. O BEIJO

. Primavera

. Casa Arrumada... Desarrum...

. CASA ARRUMADA

.arquivos

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Musica

.O meu primeiro Selo


Obrigada Libel Linda

.O meu "Segundo" Selo


Obrigada Fátima

.El Puente - Serpai - 27/08/2010

Además del sello te regalo mi flor favorita... Gracias Sergio... un abrazo

.Obrigada luadoceu - 21/10/2010

.subscrever feeds